Chico Liberato lança filme de animação “Ritos de Passagem” hoje (27) na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo

Chico Liberato lança filme de animação “Ritos de Passagem” neste sábado (27) na Semana do Audiovisual Baiano

 Sto_Seguidores

Pioneiro na Bahia, Chico Liberato lança o longa-metragem de animação “Ritos de Passagem” neste sábado, dia 27, às 19h, na sala Walter da Silveira (Barris), na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo. O filme conta as aventuras de dois personagens típicos do sertão nordestino, o Santo e o Guerreiro, que se encontram após a morte na barca de Caronte.  Símbolos de justiça e liberdade, eles desafiam o mundo com sua luta pela afirmação do seu povo.  A entrada é gratuita.

O segundo longa-metragem de Chico Liberato mantém a tradição do artista em retratar a cultura popular. Pintor, escultor, desenhista, artista multimídia e cineasta, Chico Liberato é um dos pioneiros no gênero filme de animação no país. Este é o segundo longa de animação do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, mantendo o estúdio Liberato como um dos pioneiros deste gênero no Brasil.

Chico Liberato começou a fazer cinema na Jornada de Cinema da Bahia, para a qual fez todos os cartazes e que estão, agora, em exposição na Sala Alexandre Robatto. O organizador da Jornada, o cineasta Guido Araújo, provocou Chico Liberato a realizar um curta para apresentar no festival. Em 1972, os artistas Chico Liberato, Juarez Paraiso, Humberto Rocha e Sylvio Robatto fizeram o primeiro curta em desenho animado na Bahia: “Ementário “.

Depois vieram outros curtas de animação: “Antístrofe”, “Caipora”, “O que os Olhos Veem”, “Deus Não está Morto”, “Pedro Piedra”, “O Pedido Pax”, “Eram-se Opostos” e “Muçagambira”. Em 1985, Chico Liberato fez seu primeiro longa “Boi Arua” – o primeiro longa em desenho animado no Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país e o quinto na historia do cinema do Brasil. Depois veio a idéia de  “Rito de Passagem”. Com o fim da Embrafilme, o projeto ficou engavetado por 25 anos e, finalmente virou filme com a parceria do cartunista Antonio Cedraz, que faleceu recentemente. Agora o filme tem pré-estreia aberta ao público, com entrada franca.

Coivara

Além do filme “Rito de Passagem”, cerca de 100 filmes produzidos na Bahia neste século estão em cartaz na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo, de 26 a 28  (sexta, sábado e  domingo). A entrada é gratuita para os filmes nas salas Walter da Silveira e Alexandre Robatto (Barris) e têm ingressos preços populares (R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)  para os filmes nas salas do Circuito Saladearte: Cinema do Museu (Vitória) e Cine Vivo (Paseo/Itaigara), com exceção do filme “Quincas Berro D’Água, de Sérgio Machado, no domingo, dia 28, às 20h, no Cine Vivo (Paseo/Itaigara), que tem entrada gratuita.

Confira a programação completa com os horários de cerca de 100 filmes que estão em cartaz na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo

Esta é mais uma realização das secretarias estaduais de Cultura e de Comunicação/IRDEB e Ministério da Cultura, com apoio de várias instituições parceiras.

SERVIÇO:

O QUÊ: lançamento do longa metragem “Rito de Passagem”, de Chico Liberato

QUANDO: dia 27/09 (sábado)

HORAS: 19h

ONDE: Sala Walter da Silveira

CONTATO: Cândida Liberato: (71) 9195-6721 / 8888-6721

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s